3d-house-icon.png

o nível intermediário

Desvendando o nível intermediário de inglês

Let´s have some fun

Como melhorar o inglês? Ou melhor: Como sair do nível intermediário em inglês?

 

Algumas das perguntas que me fazem quase que diariamente — já que essa é uma das maiores dúvidas e dificuldades de estudantes da língua inglesa.

Pois a cada dia que passa, o sonho da fluência em inglês fica ainda mais longe.

 

Afinal, o eterno nível intermediário não assombra apenas os alunos de inglês, mas também, alunos de muitos outros idiomas!

Portanto, você deve primeiramente refletir um pouco sobre o que está fazendo no momento para aprender inglês — seja lendo algum livro, assistindo séries com legendas em português/inglês ou vídeos no youtube.

Apenas pense..

Provavelmente, aí no fundo, você sente que o que você está fazendo não está dando certo e acredita que está no mesmo nível de inglês que alguns meses atrás.

Será mesmo que você não está evoluindo? Seria algo da sua cabeça?

Realmente, pode acontecer de ficarmos estagnados ao longo do tempo e, é claro, isso é um problema.

Eu te entendo, pois tudo isso é bem desmotivador e faz com que muita gente deixe de continuar estudando inglês.

Caso perceba que não está conseguindo evoluir, essa é a hora de tomar alguma atitude!

Se você realmente quer melhorar o seu inglês e sair do bendito nível intermediário, você precisa deixar de lado alguns costumes que podem estar atrapalhando o seu aprendizado.

Portanto, para te ajudar, irei dar algumas dicas básicas para você que deseja melhorar o inglês e não sabe mais o que fazer.

Let´s rock..

 

1. Viva o inglês

Trazer o inglês para sua vida pessoal é a melhor forma de aprendê-lo e melhorá-lo.

Afinal, um idioma é muito mais do que apenas um livro de gramática ou um curso durante algumas vezes na semana.

Um idioma precisa estar com você durante o seu dia a dia, 24/7.

Existem inúmeras formas de como isso pode ser feito. Sendo elas: assistindo vídeos em inglês, filmes, séries, lendo blogs ou até mesmo ouvindo podcasts.

Aliás, podcast é o recurso que mais gosto de utilizar para praticar idiomas, pois eu sempre aprendo sobre algo novo e acabo praticando a língua que estou aprendendo e querendo melhorar. (teachers não param nunca de estudar... ferramenta para um bom ensino é um excelente aprendizado – all the time!).

Você não tem ideia de o quanto essa ferramenta pode te ajudar! (tomara ter).

 

2. Tenha os melhores

recursos em mãos

 

Para otimizar o seu aprendizado e aperfeiçoamento da língua inglesa, é necessário que você tenha os melhores recursos por perto.

Esses recursos podem ser: Dicionários físicos/online, podcasts, blogs, Ted Talks, sites etc.

Sendo assim, mais fácil para manter o foco e motivação durante os estudos.

Encontrando os benditos recursos..

 

Para conseguir viver o inglês, você precisa fazer o que você já faz durante a semana usando o português.

Por exemplo:

Ler algum blog em inglês que fale sobre algum assunto que você

gosta e costuma falar sobre no dia a dia;

Procurar sobre os assuntos que são relevantes para você em inglês;

Procurar canais no youtube sobre tal assunto;

Entendeu?

Faça isso. Procure sobre o que te agrada e te motiva mais a aprender sobre.

Eu acredito ser valioso quando o aluno tem mais autonomia, pois aprendendo a falar sobre o que realmente te interessa, irá melhorar muito o seu inglês e te manter motivado durante o processo.

Aliás, ao longo das semanas, você perceberá uma mudança em seu vocabulário em inglês e que consegue entender muito mais do que quando tinha começado e que agora já é hora de tentar se arriscar um pouquinho mais.

 

3. Largue as legendas

em inglês

 

Já está mais do que na hora de esquecer a legendas e começar a sair do nível intermediário em inglês.

Essa será uma ótima forma de você ir se acostumando com os sons das palavras, ritmo, etc.

Tudo isso, claro, com os recursos certos em mãos e a motivação para finalmente começar a viver o idioma.

No começo, óbvio, será difícil. (eis o desafio!).

No entanto, tenha em mente que a vida não é a sua série favorita, com legendas em baixo ou que as pessoas usarão uma plaquinha para conversar com você.

Triste, talvez, mas realista.

Logo, comece aos poucos, com vídeos mais curtos e seguindo esses passos:

Escolha um vídeo de curta duração em inglês;

Assista ao vídeo pelo menos três vezes;

Primeira vez sem legenda;

Segunda vez seguindo as legendas em inglês;

Na terceira vez, assistir novamente sem as legendas;

Repita o processo. (got it???)

 

Ao fazer tudo isso, garanto que irá melhorar o listening e o seu inglês de forma geral.

Claro, você não precisa fazer isso toda vez que assistir algo em inglês. Porém, é uma boa estratégia para começar a melhorar o inglês sozinho.

 

4. Esqueça a tradução

 

Se você é aquela pessoa que traduz tudo o que vê por aí; palavra por palavra, se preocupa mais em traduzir a frase do que prestar atenção no contexto em si e acaba ficando perdido — tenha certeza que essa é umas das coisas que você precisa deixar de lado.

Claro, apenas se você já estuda inglês há um bom tempo e quer sair do bendito inglês intermediário.

Ou seja: Não sabe o que significa tal palavra? Então procure pelo contexto em inglês.

Existem vários dicionários monolíngues por aí que podem te ajudar.

Eu gosto e recomendo o Cambridge Dictionary, pois ele mostra a definição em inglês e áudios das expressões e palavras para você ouvir e repetir.

O que eu vejo ser mais legal nesse tipo de dicionário é que você acaba aprendendo outras palavras ao longo do caminho, pois querendo ou não, durante a definição da expressão que você pesquisou você encontrará palavras novas e que poderão fazer parte do seu vocabulário também!

Tudo isso aprendendo a partir do contexto.

Após isso, crie seus próprios exemplos, ler em voz alta e colocar o novo vocabulário em prática durante uma conversa.

Garanto que essa também é uma ótima forma de aumentar o vocabulário em inglês.

 

5. Coloque seu inglês

em prática

 

De nada adianta ter contato com o inglês durante toda a semana se você não abre a boca para falar e, principalmente, usar o que você aprendeu.

-“Mas Fab, eu não tenho ninguém para praticar”

Se você é como a maioria dos estudantes de idiomas e não tem ninguém para praticar, a melhor forma de melhorar a conversação em inglês é participando de “Conversation meetings”.

Sim, eles existem!

Além do mais, esse tipo de evento é muito comum ao redor do mundo e já acontece em vários lugares do Brasil, pois todo mundo sabe a importância de praticar uma língua e encontrar alguém que esteja disposto á praticar com você.

Todas essas pessoas também querem melhorar suas habilidades, perder o medo de falar inglês, e claro, fazer novos amigos!

Para saber onde acontecem esses eventos, você pode instalar ou visitar o meetup.com.

Esses eventos costumam ser gratuitos e também, dedicados ao aprendizado e prática de outras línguas.

 

6. Tenha aulas de inglês com

o Fab no Genesis

 

Além de ajudar iniciantes a aprenderem inglês do zero, eu posso ajudar você — que provavelmente está preso no nível intermediário — a conseguir chegar muito mais longe com o seu inglês!

Logo, significa que você pode ter aulas Genesis de inglês comigo!

Tá vendo como é fácil alavancar o inglês?

Confere aqui mesmo na sua página exclusiva e me chama para um WhatsApp chat cortesia e falamos melhor sobre o seu inglês!

So..

O que aprendemos?

Traga o inglês para sua vida e reúna as melhores ferramentas que irão ajudar você a melhorar o seu inglês de uma vez por todas!

Separe em sua agenda um longo momento para refletir sobre tudo isso, e coloque algumas metas baseando-se no muito ou pouco tempo livre que você tem.

Tente ao máximo priorizar o inglês na sua rotina, pois aprender e manter um idioma, claramente não é como qualquer outra matéria.

Viva o Inglês!

Fab Silva